Blog

CATARATAS DO IGUAÇU

A lenda conta que um deus planejava casar-se com uma mulher, chamada Napi. Mas ela fugiu com seu amante, de nome Torobá, numa canoa pelo rio Iguaçu. Devido a sua imensa raiva, esse deus cortou o rio, dando origem às cataratas e condenando eles a uma queda eterna.
Ao longo de 2,7 km do rio Iguaçu, se encontram 275 cachoeiras, a maioria com 65 metros de altura, mas algumas chegam até 82 metros. A mais impressionante das quedas é a famosa Garganta do Diabo, marcando a fronteira entre o Brasil e a Argentina.
Visitar as Cataratas do Iguaçu é uma experiência única. A primeira impressão fica devido a seu encanto, mesmo a distância. Mas à medida que se aproxima, o estrondo continuo vai crescendo, até ser uma vibração que se sente em todo o corpo. Anualmente, mais de um milhão de visitantes vem até as Cataratas do Iguaçu para conhecer pessoalmente esse espetáculo, reconhecido internacionalmente por sua beleza.
As cataratas ficam dentro de dois parques nacionais, um do lado brasileiro e o outro no lado argentino. Isso permite fazer dois passeios separados, com experiências diferentes. No lado brasileiro, o acesso às Cataratas do Iguaçu é feito através do Parque Nacional do Iguaçu. No lado Argentino, é através do Parque Nacional Iguazú.
O passeio do lado brasileiro dura entre 2 a 4 horas. Começa no Centro de Visitantes até o início da trilha. O trecho pela trilha é feito a pé, em meio à mata, com espaços para observação das cataratas em alguns pontos do trajeto. No final da trilha, tem uma passarela que leva até o ponto de observação da Garganta do Diabo.
Após esse passeio, os visitantes podem usufruir dos serviços de uma praça de alimentação. Ainda podem visualizar a paisagem por meio de um elevador panorâmico. Para os mais aventureiros, podem sobrevoar as Cataratas do Iguaçu com helicóptero ou fazer passeios em barco no rio.
Venha conhecer esse espetáculo da natureza pessoalmente. Aproveite o Feriado de 7 de setembro, e hospede-se no Iguassu Holiday Hotel.